Promoção verão de prêmios Gomes da Costa

Concorra a prêmios especiais participando da promoção de verão Gomes da Costa. Em parceria com o Atacadão, oferece a possibilidade de ganhar ótimos brindes.

A ação oferece 20 chances de ser contemplado com recompensas de 9 mil reais, para adquirir uma motocicleta 0km. E então, não é demais ter essa possibilidade?

Confira a seguir todos os passos para concorrer na oportunidade disponível. Desse modo, não ficará de fora da ótima promoção.

Promoção verão de prêmios

Como concorrer na ação

Para ingressar na promoção, antes de mais nada, vá até uma das lojas Atacadão e adquira R$ 15 em produtos Gomes da Costa.

Pode ser qualquer produto das linhas de sardinhas, atum, saladas, patês e vegetais (exceto itens da categoria Frango e Pouch, nas embalagens de 500g e 1kg). A compra deve ser feita entre 20/02 e 30/04/2019.

Como registrar na promoção

Logo após a compra dos produtos, acesse o hotsite e efetue um breve cadastro. Assim, insira os principais dados de contato como Pessoa Física ou Pessoa Jurídica.

Forneça ainda informações da compra anexando uma foto do cupom ou nota fiscal. Finalizados os passos indicados será gerado um número da sorte, válido para as apurações.

Não se esqueça de guardar a nota para posterior comprovação caso seja um dos sorteados.

Promoção verão de prêmios

Entre todos os participantes da ação, serão sorteados 20 felizardos. Conforme mencionado anteriormente, cada um dos vencedores fará jus a um certificado de ouro no valor de 9 mil reais.

De posse da recompensa, poderá utilizar para adquirir uma motocicleta Honda CG, para uso no dia a dia. Se porventura não quiser comprar uma moto, é possível dar a destinação que desejar ao prêmio recebido.

Datas da promoção

Salvo algum eventual imprevisto, o verão de prêmios da promoção Gomes da Costa e Atacadão é válido até 30/04/2019. Portanto, se tiver a chance, não deixe de concorrer.

Por fim, confira regulamento e ofertas na web através da página oficial da ação, clique aqui.

Um Comentário

  1. Jório Carlos de Sousa Monteiro 23/02/2019

Fazer comentário